Atividades extracurriculares oferecidas aos alunos após o período de aulas de 1 a 5 dias por semana.

Patinação Artística

O simples fato de colocar os patins nos pés e tentar equilibrar-se sobre eles desenvolve o senso de lateralidade e o equilíbrio. Quando praticada de forma dinâmica, a patinação artística é uma atividade aeróbica de baixo impacto com grandes benefícios físicos e mentais. Fora a beleza que é ver os alunos deslizando sobre rodas!

Judô

Tem gente que acha que o judô é uma arte marcial violenta, para meninos. Mas não! É um esporte que trabalha a formação motora, muscular, cognitiva e intelectual. Ajuda na formação do bom caráter e da personalidade. A criança se torna mais sociável, ganha segurança, autoestima positiva e autocontrole. A aprendizagem das técnicas e a tentativa de as executar aumenta a destreza e a inteligência, e com a combinação de movimentos e estratégias, o pensamento rápido se desenvolve. O praticante fica mais paciente e aprende a respeitar o próximo - conforme vai conquistando outras faixas, quer mostrar como se faz aos que têm as faixas anteriores e assim se torna mais responsável e respeitador.

Tênis  

As aulas de tênis têm como objetivo ensinar aos alunos, de forma prazerosa, as práticas do esporte e as regras do jogo. Através da manipulação de materiais e exploração das técnicas, eles aprendem as habilidades motoras específicas do tênis, além de ter a oportunidade de exercitar a socialização e a cooperação.

Oficina Maker

Essa é uma oficina para quem é curioso e gosta de saber como as coisas funcionam. Os alunos vão construir circuitos elétricos usando leds, motores, baterias e fios; vão  aprender sobre a função de componentes básicos da eletrônica e a reciclar e reutilizar partes de aparelhos que não funcionam mais. Vão abrir e desmontar impressoras, carrinhos, robôs e tudo que não estiver funcionando e reutilizar os componentes para recriar novas coisas. Atividades experimentais irão despertar o interesse pelas ciências, promovendo a alfabetização científica; estimular a reflexão sobre os experimentos e levantamento de hipóteses para iniciar pesquisas; promover a socialização dos experimentos realizados nos grupos e o contato com novas tecnologias. 

Cerâmica

O principal objetivo das oficinas é proporcionar uma experiência com a argila de forma lúdica e educativa. Nas aulas, também passeamos sobre a história da cerâmica indígena e os grafismos presentes nas peças marajoaras. Uma atividade que trabalha a criatividade, sensorialidade e o conhecimento. Isso sem falar na diversão que é “colocar a mão na massa”!

Futsal

No país do futebol, não dá para deixar de fora esse esporte  que desenvolve habilidades motoras gerais, como locomoção, coordenação, domínio da bola, manipulação e equilíbrio. Os alunos aprendem movimentos específicos, a identificar e valorizar as regras, a se socializar e ter espírito de equipe. Tudo isso em um ambiente lúdico, seguro e muito saudável, em que participar é fundamental, dar o melhor de si é essencial e ganhar ou perder fazem parte do jogo!

Dança

Dançar é muito mais do que puro divertimento. A execução de passos coreografados, repetidos dentro de um método e com orientação profissional, proporciona diversos benefícios para a saúde física e mental. A criança que dança trabalha a musculatura, fortalecendo-a, estimula a coordenação motora, flexibilidade, postura, tem maior consciência corporal, noções de espaço, além de melhorar sua integração social. Musicalidade, ritmo e criatividade também estão entre os ganhos.

 

Feedback

A equipe contata os responsáveis quando há necessidade e fica à disposição para atender dúvidas dos pais. Essa  parceria entre escola e família é importante para que as expectativas sejam alinhadas e os alunos bem atendidos.